Melasma

Melasma

Melasma é uma condição que se caracteriza pelo surgimento de manchas escuras ou acastanhadas na pele, geralmente bilaterais e simétricas, predominantemente na face (testa, maçãs do rosto, nariz, lábio superior), mas também pode ocorrer nos braços e colo. Afeta mais frequentemente as mulheres, podendo ser vista também nos homens (10% dos casos). Ocorre em qualquer tipo de pele, mas é muito mais frequente nos fototipos altos, hispânicos ou orientais e população de locais com altos índices de radiação ultravioleta.

Não há uma causa definida, mas há inúmeros fatores relacionados como a predisposição genética, o uso de anticoncepcionais, gravidez, cosméticos, algumas drogas, disfunções hepáticas e endócrinas e principalmente a exposição solar. O fator desencadeante é a exposição à luz ultravioleta e até mesmo à luz visível.

Tratamento

Os tratamentos variam, mas sempre compreendem hábitos de proteção contra os raios ultravioleta e a luz visível. Aplicar um filtro solar potente, que ofereça proteção física e química e com FPS mínimo de 30 nas regiões expostas do corpo é a medida essencial.

O uso de cremes clareadores deve sempre ser prescrito pelo dermatologista.

Os peelings podem clarear a pele de forma gradual e até mais rapidamente do que os cremes. Dentre os tratamentos mais modernos estão os lasers e o microagulhamento.

É importante ressaltar que o tratamento do melasma exige disciplina do paciente e um conjunto de medidas para clarear, estabilizar e impedir que o pigmento volte. O tempo necessário para estabilizar a condição pode ser de muitos meses ou anos. Assim, o conceito principal é que pacientes com esta condição necessitam tratamento constante.

Leave a Reply

Your email address will not be published.